Coisas que organizam: Porta lápis

É porta lápis mas não é

Essa semana, em Coisas que organizam, vou falar sobre porta lápis que não é porta lápis.

Essa é uma série semanal aqui no blog. Está começando agora, mas já tem um anterior, dá uma olhada lá!

O porta lápis do meu escritório é volumoso, porque meu marido arquiteto gosta de canetas e lapiseiras e minha filha adora desenhar. Ainda falta colocar os lápis de cor nesse meio, mas é que eu estou deixando ela se ambientar com os materiais aos poucos. Além disso, a ponta dos lápis que nós temos aqui não é ultra-forte como a das canetinhas que eu descobri que existem e comprei de presente para ela. 😛

Talvez você esteja se perguntando, porque as canetas dela estão junto com as nossas e eu explico a estratégia. Ela até tem uma mesinha de atividades, mas sempre que ela vê esse monte de canetas, fica doida. Claro, qual criança não ficaria?! Aí, ao invés de não deixarmos ela brincar, nós damos as dela e ela fica feliz. E você sabe, se o neném está feliz, todos estão felizes, principalmente porque a tinta das canetas dela é super lavável! hehehe

Vamos aos porta lápis…

Porta-lápis

Na verdade, eles são um cachepô, uma cerâmica artesanal portuguesa (presente de um amigo) e uma caneca souvenir de Chicago. Peças que a gente gosta muito e que ganharam um uso útil além de decorativo.

A caneca, especialmente, é um objeto que pode ser muitas coisas, inclusive, um porta lápis. Eu já colecionei canecas, elas foram quebrando, porque eu gosto de usar tudo que eu tenho e as coisas quebram mesmo. Fui parando de comprar e atualmente tenho poucas. Essa de Chicago é recente e a gente gosta muito dela. Compramos na viagem que fizemos, quando eu estava grávida, para fazer o enxoval e passear antes da chegada do neném. Tenho lindas lembranças dessa viagem. <3

E você? tem alguma coisa na sua casa que você usa de forma diferente da sua função inicial?

 

Oi!
Eu sou a Maíra!
Mostro o caminho rumo ao tal equilíbrio entre nossos papéis na vida…
Como?! Organizo e ensino a organizar o uso de (quase) tudo que mais importa: seu tempo, sua atenção e o seu espaço.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: