Como organizar a divisão das tarefas em casa

Se você divide o seu espaço com alguém, então você já teve que lidar com essa questão: Como organizar a divisão das tarefas em casa?

Pode ser que vocês tenham pensado claramente sobre o assunto ou pode ser que tenham só discutido quem fez ou deixou da fazer alguma coisa… a questão é que todo mundo tem que participar.

Todo mundo mesmo. Pensa bem, até o cachorro tem que contribuir sabendo onde fazer xixi e cocô. rs

As crianças, dependendo da idade, precisam ter as suas próprias tarefas e todos os adultos, sendo da família ou não, como diaristas e empregadas, têm a sua função.

Todos são responsáveis

A grande questão que está por trás de tudo isso e que precisa ficar muito clara é: Todos são responsáveis.

Todo mundo que compartilha o ambiente deve ter muito claro que os cuidados também são compartilhados.

Se isso estiver bem entendido por todo mundo, um grande passo já terá sido dado. 🙂

->->-> Leia também: Como incluir as crianças na organização da casa?

A minha filha tem 3 anos e desde sempre eu repito pra ela que a gente precisa cuidar da nossa casa. Cada família escolhe como comunicar isso para as crianças, aqui não há castigos nem recompensas. O que acontece todo dia são tarefas que precisam ser feitas para a casa ser limpa, confortável e bonita pra gente, e quem a gente convida para nos visitar, poder aproveitar.

Tanto o espaço quanto as coisas, precisam ter cuidados, serem limpos e guardados. Sem aborrecimentos (sempre que dá rs), mas com consistência.

Como organizar a divisão das tarefas em casa

E com criança pequena em casa, tem ainda as tarefas de cuidados com a fofurinha colorida. rs

Então dá pra dividir com todo mundo?! Sim! Tem que dividir.

Eu vou te ensinar como. 🙂

1. Comunique-se

Comunicação é a base de uma boa relação. Nunca assuma que o outro sabe como organizar a divisão das tarefas em casa ou que viu alguma coisa, porque ele pode realmente não saber nem estar vendo. Portanto, comunique-se. Independente de quem seja, fale, mostre, explique e dê o direito de questionar, sugerir e fazer diferente. Comunicação significa falar e ouvir também. Eu diria que a comunicação deve focar na solução, ou seja, o que a pessoa pode fazer para resolver e solucionar uma lacuna. Comunicação focada e positiva.

2. Liste

Faça listas com tudo que precisa ser feito, divida por pessoa e indique a periodicidade. Use um modelo de checklist. Passeie pela casa e vá listando as tarefas. Dividir por responsável é uma ótima forma de como organizar a divisão das tarefas em casa.

No final você vai ter uma lista para cada pessoa e dentro dela tudo que cada um precisa fazer. Considere inclusive usar a lista para “formalizar” a divisão de tarefas de cuidados com as crianças, se você achar que pode ajudar a ter mais clareza entre o casal.

Eventualmente, é bom avaliar se está tudo seguindo conforme o previsto, mas evite ficar controlando o tempo todo. Responsabilidade sempre traz um nível de liberdade, né?!

Talvez seja legal, marcar um dia de verificação geral para todos juntos verificarem se as tarefas foram devidamente realizadas.

É muito interessante, inclusive que todo mundo saiba o que cada um precisa fazer.

3. Reduza e Facilite

Ao fazer essas listas, fique atenta a tarefas que podem ser eliminadas ou facilitadas. Às vezes a gente faz a mesma coisa do mesmo jeito sem parar para pensar que aquilo pode ser feito de uma forma mais simples ou até que nem precisa ser feito.

Sempre se pergunte se realmente precisa ser feito.

4. Avalie disponibilidades e interesses

Esse item é delicado porque para que ele seja implementados deve haver muita sinceridade e ao mesmo tempo uma boa dose de companheirismo. É bom a gente considerar as preferências de cada um, mas sempre tem algumas coisas que ficam “sem dono” e é comum, sempre ter alguém que tende a acumular funções mais que os outros (a mãe, na maioria das vezes. rs).

Mesmo quando a gente tem ajuda de uma diarista ou empregada, todo mundo precisa contribuir de alguma forma.  Sobretudo, no caso das crianças, é importantíssimo participar, nem que seja para desenvolver o sendo de comunidade e compartilhamento.

Crie rotinas de ações adequadas para cada um, inclusive você. Não acumule e se sobrecarregue.

Você não tem que dar conta de tudo.

5. Manutenção sempre

Coloque o foco na manutenção. Se sujou, limpe, se tirou do lugar, guarde.

Não deixar acumular facilita tudo pra todo mundo. E, mais uma vez, mesmo se você tiver ajuda, o ambiente em constante manutenção garante que ações mais detalhadas possam ser feitas pela funcionária.

6. Suas coisas organizadas de vez

Para te ajudar a fazer isso, eu escrevi um passo a passo simples e prático que vai te ensinar a organizar as suas coisas e mantê-las organizadas de uma vez por todas.

Baixe ele grátis aqui.

bjs

 

Oi!
Eu sou a Maíra!
Mostro o caminho rumo ao tal equilíbrio entre nossos papéis na vida…
Como?! Organizo e ensino a organizar o uso de (quase) tudo que mais importa: seu tempo, sua atenção e o seu espaço.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: