O que os programas de TV sobre organização não mostram | ¿o que fica!

O que os programas de TV sobre organização não mostram

O impacto do antes x Depois

Quando a gente vê programas ou mesmo fotos que mostram a organização de um espaço, normalmente os contrastes entre o antes e o depois são impressionantes. Alguns são inspiradores, dão idéias e vontade de fazer igual e outros são surpreendentes e a gente pensa, nossa eu nunca pensaria ou conseguiria fazer igual.

Em geral, o que os programas de TV fazem, e muito bem, é mostrar o impacto negativo da bagunça e dos excessos, a fase do descarte e finalmente explicar as soluções já aplicadas com objetivo de transmitir a transformação pessoal pela qual os participantes passaram naquele processo.

Mas há uma etapa que fica menos clara e eu diria que ela é a melhor parte. É a etapa que, em gral, as pessoas temem e têm mais dificuldade em fazer sozinhas, ou seja, a organização em si.

O que eu chamo de “a organização em si” é o período marcado, digamos, por uma bagunça criativa (rs), que é necessária para o descarte, categorização e entendimento geral da rotina, usos, tempos, coisas e espaços. É durante essa bagunça, que a gente vai definindo #oquefica, onde e de que jeito.

Tem muita gente que se perde exatamente nesse momento. Quem nunca, em um momento de inspiração, tirou tudo dos armários, se perdeu no meio da bagunça e terminou numa situação muito pior?

É claro que deve haver um sistema para que isso não apenas não saia do controle, mas também que seja um processo desenvolvido com clareza. Esse trabalho é muito individualizado e pode incluir tentativas e ajustes até que o projeto seja finalizado e passível de manutenção (o que é fundamental).

Por isso a ajuda de uma organizadora profissional pode ser tão fundamental em muitos casos. \o/

É essa a habilidade mais valiosa e que eu mais gosto de transmitir para os meus clientes. O resultado final poder ser sempre revelador e vitorioso, assim como as imagens de encerramento dos programas e das fotos de depois.

Se você quiser, faça você mesmo!

Se você gosta desses programas, quer fazer você mesmo e acha que não consegue… você pode sim!

Eu sei pode não ser tão fácil, principalmente porque a gente está muito envolvido com o ambiente, com as coisas e principalmente com os hábitos.

A dica é: Você precisa planejar o processo como as suas coisas serão organizadas. Não tem certo ou errado. Aproveite as dicas que você achar que servem para você, mas adpte sempre às suas necessidades.

Não se cobre nem se culpe e tente olhar com outros olhos, mude a forma como você tem feito até hoje e não esqueça que cada resultado final é único e exclusivo, pois é adequado às necessidades de cada um.

Eu escrevi um material muito legal, baseado na minha maneira de trabalhar com os meus clientes, que pode te ajudar muito.

Baixe ele aqui e depois me diga, como você se saiu. 🙂

bjs

Maíra Lewin

Oi!
Eu sou a Maíra!
Mostro o caminho rumo ao tal equilíbrio entre nossos papéis na vida…
Como?! Organizo e ensino a organizar o uso de (quase) tudo que mais importa: seu tempo, sua atenção e o seu espaço.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: