Como organizar brinquedos e mantê-los organizados

Organizar brinquedos e mantê-los organizados pode ser um desafio super desgastante no nosso dia-a-dia.


Se você quiser ver dicas muito práticas e mais detalhadas de como organizar o espaço do seu pequeno grande amor <3 baixe esse guia + checklist que eu fiz.

De cara, você vai ver como a sua rotina vai mudar para muito melhor! 😀


Eu preciso te dizer que não há milagre. É importante que todo dia, no final da brincadeira, seja tudo guardado nos seus devidos lugares, mas se vocês organizarem direitinho, a manutenção será muito mais simples. \o/

Organização infantil é, mais que tudo, sinônimo de categorização

Você deve seguir, pelo menos, esses 3 passos:


Pare de arrumar brinquedos e organize rápido tudo das crianças


Você vai descobrir uma fórmula gratiuita de organizar as coisas das crianças e envolvar toda a família.

  1. Eliminar os excessos.
  2. Identificar categorias.
  3. Reunir os iguais.

Mantenha isso em mente e tudo será mais simples.

Vamos ver cada passo?! 🙂

->->-> Veja também: Como organizar um quarto infantil inspirado em Montessori

Organizar-brinquedos

Passo 1 – Elimine os excessos

Faça uma verificação geral. Olhe tudo. Com paciência, mas com foco em não perder tempo demais com cada item… é mais rápido do que você imagina.

Faz toda diferença ter um saco para lixo e um para doação já na mão. De preferência pretos, pra afastar a tentação de querer resgatar alguma coisa do saco. rs

Crianças mais velhas precisam ser envolvidas na organização, mas quando há muito mais coisas do que o espaço comporta é comum nós fazermos uma etapa inicial sem a criança. Tirando coisas fora da faixa etária, por exemplo para adiantar.

Durante essa etapa, um adulto que conheça muito bem a criança (normalmente é a mãe <3), avalia tudo e decide antecipadamente o que deve ir embora, considerando os critérios próprios, de idade, uso e gosto das crianças.

Em um segundo momento envolvemos as crianças para tomar decisões finais. Se você tiver dúvida, sempre pergunte para a criança ou guarde o objeto por um tempo para avaliar a melhor decisão a tomar.

Eu sugiro que você seja paciente, mas também firme, nesse momento.

Se até pra gente é difícil decidir, desapegar… pra eles é ainda mais. É fundamental respeitá-los, mas como responsáveis, a gente pode e deve estimulá-los e até decidir por eles em alguns momentos, certo?

Cada família determina os seus próprios limites.

Não há certo ou errado. O importante é definir um critério, combinar ele com todo mundo e seguir até o fim com segurança. 🙂

Durante essa verificação, para agilizar, já vá separando: o que deve ser jogado fora, o que deve ser doado e os grupinhos para organizar brinquedos que devem ficar juntos. Essas serão as categorias.

Passo 2 – Identifique categorias

Você vai pensar um pouco para decidir as categorias e depois vai ser só manter e eventualmente, atualizar.

As categorias podem ser: massinha, bonecas, carrinhos, comidinha, polly, homem aranha, bloquinhos, instrumentos musicais, médico, ferramentas, depende dos brinquedos da sua criança.

E sempre tem uma categoria de “diversos”, para colocar brindes de festa e brinquedos sem categoria. Cuidado com o tamanho desse grupo.

->->-> Veja também: Como incluir as crianças na organização da casa

Como material basta usar os sacos pretos para lixo e doação e sacos transparentes para dividir as categorias.

Identifique tudo com uma fita crepe na borda para não confundir ou perder tempo tentando entender o que é cada saco.

Passo 3 – Reúna os iguais

Coloque cada categoria que você reunir em sua própria casa.

Essa casa será alguma cesta, caixa ou outro produto organizador adequado.

Eu sou super econômica na aplicação de produtos organizadores na minha casa e nos meus projetos.

Só uso quando é realmente necessário, porque quando não é, eles mais atrapalham e viram tralha muito rápido. Além de não serem objetos baratos.

Mas, no caso da organização infantil é diferente.

Para o resultado ser durável de verdade, é importante que a manutenção seja ultra prática e que a criança tenha o controle das suas próprias coisas.

Então por isso, eu sugiro fortemente que você use produtos organizadores.

Vá comprando aos poucos, se não der para ter tudo de uma vez, mas mantenha isso sempre em perspectiva.

Eles podem ser cestos que você já tem ou caixas transparentes, que, nesse caso, eu acho que vale muito a pena comprar.

Sobretudo para organizar brinquedos, caixas transparentes são MUITO ÚTEIS. MUITO!

Como faz pra brincar e aproveitar ao máximo os lindos e caros brinquedos se estão todos misturados em caixas em que não vê o que tem dentro? E se forem caixas grandes ou baús então, aí é impossível. Não dá!

É disso que eu to falando.

Reserve essas caixas decoradas para ter grupos de diversos, assumidamente bagunçados e tudo bem. E os cestos, se não forem muito profundos, funcionam bem para organizar brinquedos maiores.

Lembre-se sempre disso: Caixas ou cestos coloridos ou decorados, cujo interior você não consegue ver, são muito menos práticos, para achar e escolher brinquedos, assim como para guardá-los.

Com caixas transparentes a sua criança vai ver os brinquedos e todo mundo vai saber em qual caixa guardar.

Como identificar as caixas

Principalmente em casas com mais de uma criança, pode ajudar identificar as caixas.

Se ainda não souberem ler, você pode imprimir imagens das categorias, recortar e colar em cada caixa com a sua criança, criando uma etiqueta de identificação para cada caixa.

Assim, quando todos estiverem espalhados e misturados, fica mais fácil, voltar cada um para o seu lugar. As criança, normalmente, curtem essa atividade, se envolvem na organização e na manutenção do espaço.

Para manter tudo organizado

Eu faço muitos projetos de organização infantil e o que eu vejo sempre é que quando as crianças são envolvidas no processo e sentem segurança nos critérios de organização, elas curtem manter organizado.

Além disso, com a organização feita com um método claro de separação e armazenamento fica infinitamente mais simples, pra todo mundo, manter a ordem, mesmo depois de uma super bagunça.

Além de ser mais gostoso de brincar, porque eles acham e pegam e curtem com facilidade todos os brinquedos.

A gente quer bagunça também né?! Ela é sinal de criança feliz e saudável. <3

Rotina é tudo

Esse processo de organização e a rotina de manutenção, não é simplesmente uma prática de organização doméstica, é também um comportamento valioso para a educação dos nossos pequenos no que diz respeito ao uso e cuidados com as próprias coisas.

Todo dia, no final da brincadeira é importante repetir a rotina de organizar os brinquedos.

Se a criança não participar, convide ela, faça a rotina e explique que é importante. Desde bebezinho, sempre faça e converse, em algum momento vai rolar.

Dependendo da idade, há recursos de convencimento, mas nunca transforme esse momento em algo penoso ou de punição.

A organização e controle das próprias coisas é algo natural da vida e que vai se expandindo em outras áreas conforme a gente cresce. Não é?!

Vamos começar desde cedo a criar esse hábito. Faça como você puder, sem se culpar nem sofrer. As crianças sentem tudo.

Converse e envolva todos da casa, que vai dar certo. <3


Se você quiser assistir uma vídeo-aula onde eu ensino na prática, com fotos e em detalhes como organizar o quarto das crianças, clica aqui.  

bjss

Deixe uma resposta

ORGANIZE RÁPIDO AS COISAS DAS CRIANÇAS E PARE DE VIVER ARRUMANDO BRINQUEDO

Baixe grátis o Checklist + Dicas para descobrir uma fórmula de organizar DE VERDADE as coisas das crianças e envolver toda a família.

%d blogueiros gostam disto: